builderall

O marketing digital é o carro chefe das atividades que as empresas executam com o objetivo de atrair clientes, fortalecer relacionamentos e estabelecer seu posicionamento de marca.


Se você está construindo sua estratégia de marketing digital então deve estar se perguntando se o e-mail marketing ainda vale a pena, então vamos descobrir?

 

 

O e-mail marketing está em constante evolução e nos últimos anos tem se tornado cada vez mais eficiente, graças aos processos inovadores de segmentação de clientes e contatos, ou seja, através da segmentação as empresas conseguem enviar os materiais de marketing personalizados para públicos específicos, o que aumenta as chances de sucesso do marketing. 

 

Com o e-mail marketing é possível alcançar grupos de indivíduos específicos, enviando mensagens exclusivas com base em seus interesses e necessidades.

 Embora as demais estratégias de marketing tenham suas vantagens, apenas algumas delas podem corresponder ao alcance das campanhas de e-mail.

 


Não adianta todo mundo tem e lê e-mail com frequência! Faz parte do nosso dia a dia há anos. Além disso, existem empresas que não permitem acesso às mídias sociais no ambiente de trabalho. Por conta disso, a forma mais eficiente para o seu conteúdo alcançar essas pessoas no horário comercial é através do e-mail. 


Nas mídias sociais, as taxas de entrada e saída são mais baixas, a mesma facilidade que temos de começarmos a seguir uma empresa no Instagram, Facebook, ou no Twitter temos para deixar de seguir, na maioria das vezes sem uma razão evidente. Com o e-mail o compromisso é maior, embora a relutância para inscrição em determinada lista possa ser superior a princípio, a atenção dispensada aos e-mails compensa. De uma forma geral, os cliques de uma campanha de e-mail ficam entre 10x a 50x mais altos do que os cliques em um post em mídia social, claro para um mesmo tamanho de base de assinantes. 


Outra vantagem do e-mail marketing é o seu baixo custo, trata-se de uma das maneiras mais econômicas de se conectar com novos consumidores e reforçar as relações com os clientes, além da possibilidade de diversificar, uma vez que as mensagens online das mídias sociais e anúncios digitais estão por toda parte saturando o dia-a-dia das pessoas. 

 

Um bom e-mail marketing deve parecer um convite, com conteúdo envolvente e personalizado, de preferência, e não um pacote corporativo cheio de propagandas. Isso é fundamental para o sucesso de e-mail marketing pelo fato que as pessoas reconhecem um anúncio assim que olham para ela e em seguida descartam. 

 

As pessoas desejam receber conteúdo relevante e personalizado, que atenda aos seus interesses. Os consumidores estão cada vez mais seletivos e desprezam conteúdos irrelevantes a todo o momento. 

 

Embora exista a necessidade do apoio de um software para fazer e-mail marketing, esse é sem dúvida um ativo próprio que permite a empresa certa independência, a longo prazo. As mídias sociais também oferecem esse ativo, mas a empresa está submetida às regras de terceiros e que podem mudar significativamente em pouco tempo. 




Outro ponto que é importante lembrar é que o layout do e-mail marketing deve estar em sintonia com a vivência mobile, pois segundo o Email Statistics Report, em 2016, 1,7 bilhão de pessoas no mundo usaram e-mail em dispositivos móveis.

 

Esse relatório indica ainda que 65% dos usuários de e-mail acessam suas caixas de entrada pelo celular. Assim, esse aspecto deve nortear o desenvolvimento das mensagens, tanto em forma quando em conteúdo

 

 

É necessário equilibrar volume de informações, tempo de carregamento e facilidade de leitura, para não perder o envolvimento do seu público. Não esqueça quem é o seu cliente! Os de maior faixa etária ainda preferem o computador. 

 

Além dessas características mencionadas, com o e-mail marketing existe a possibilidade de automação, ou seja, você define as matrizes para que o e-mail seja enviado.

 

Por exemplo, um cliente pode se inscrever para receber seus e-books gratuitos por e-mail, estes poderão ser enviadas por e-mail todas as semanas, automaticamente.

 

As plataformas de e-mail marketing permitem que se acompanhem diversas estatísticas, como quantidade de cliques, localidade de cada usuário, tempo em que a mensagem ficou aberta na caixa de entrada do usuário, entre outros números importantes. Esses dados auxiliam  na definição do seu público-alvo para futuras novas campanhas.

 

Então de uma forma direta e simples, se você me pergunta: investir em e-mail marketing vale a pena? A resposta é sim!